Tráfico De Animais Silvestres

Macaco

                                 Por Dayane Barreto

O comércio ilegal de animais silvestres é a terceira atividade clandestina que mais movimenta dinheiro, ficando atrás somente do tráfico de drogas e armas.

 O Brasil é um dos alvos dos traficantes, devido a sua diversidade de animais. 

Quando se retira um animal da natureza, é como se quebrássemos seu elo com ela. Milhares de animais são retirados por ano das matas.  

Ao retirar esses animais, eles correm muitos riscos, assim como o ser humano, riscos de doenças e riscos para o próprio animal, o transporte desse animal até o destino final, pode ser fatal para eles, filhotes são retirados de suas mães e vendidos como mercadorias.  Muitos não chegam até o local, morrendo durante a viagem.A captura desses animais pode resultar em muito sofrimento, como também o cativeiro se torna uma tortura para esses animais que estavam acostumados a viver livres, na natureza.

 

O animal que vive preso perde a capacidade de sobreviver e se defender sozinho e não pode ser solto na natureza sem acompanhamento de um especialista.

Esses animais são traficados para pet shops, colecionadores particulares (priorizam espécies raras e ameaçadas de extinção) e para fins científicos (cobras, sapos, aranhas…). 

JabutiO que podemos fazer para acabar com o tráfico? 

Não compre animais silvestres. Ter um em sua casa, sem comprovação da origem do animal, é crime previsto em lei, correndo o risco de levar multa e ser até preso.

DECRETO Nº 3.179, DE 21 DE SETEMBRO DE 1999.
Dispõe sobre a especificação das sanções aplicáveis às condutas e atividades lesivas ao meio ambiente, e dá outras providências.
CAPÍTULO II
DAS SANÇÕES APLICÁVEIS ÀS INFRAÇÕES COMETIDAS CONTRA O MEIO AMBIENTE
SEÇÃO I
DAS SANÇÕES APLICÁVEIS ÀS INFRAÇÕES CONTRA A FAUNA
Art 11 matar , perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, ou em desacordo com a obtida:
Multa de R$500,00 (quinhentos reais), por unidade com acréscimo por exemplar excedente de:
I – R$5.000,00 (cinco mil reais), por unidade de espécie constante da lista oficial de fauna brasileira ameaçada de extinção e do Anexo I da Comércio Internacional das Espécies da Flora e Fauna Selvagens em Perigo de Extinção-CITES; e
II – R$3.000,00 ( três mil reais), por unidade de espécie constante da lista oficial de fauna brasileira ameaçada de extinção e do Anexo II da CITES.
§ 1º Incorre nas mesmas multas:
I – quem impede a procriação da fauna, sem licença, autorização ou em desacordo com a obtida;
II – quem modifica, danifica ou destrói ninho, abrigo ou criadouro natural; ou
III – quem vende, expõe à venda, exporta ou adquire, guarda, tem cativeiro ou depósito, utiliza ou transporta ovos, larvas ou espécimes da fauna silvestre, nativa ou em rota migratória, bem como produtos e objetos dela oriundos, provenientes de criadouros não autorizados ou sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente. IBAMA .
 

Se presenciar a venda na feira livre ou depósito de tráfico, avise a polícia. Informe dados precisos da ocorrência.
Denúncias ao IBAMA através da Linha Verde Tel. 0800 61 8080.
Quando decidir ter um animal de estimação, procure um animal doméstico como cães, gatos, pois existe milhares deles abandonados precisando ser adotados. 

Fonte e fotos: Google e http://www.natureba.com.br/trafico-animais-silvestres.htm

 

Vamos combater o tráfico de animais silvestres.

Anúncios

2 Comentários

  1. rita said,

    16 de junho de 2010 às 17:36

    pois é adorei essa materia,,mas gostaria de saber o que fazer no caso de ter um animal desses em casa…soltamos para natureza ou fazemos o que algum contato?? equal o contao

  2. 16 de junho de 2010 às 19:20

    Que bom que gostou da nossa matéria, colocaremos um post com maiores informações.
    Obrigada e acesse sempre


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: