Filme estrelado por Richard Gere e cão emociona público

      Por Jaqueline Santos

O filme Sempre ao seu lado é a combinação perfeita para quem adora
cinema e cachorros. Estrelado por Richard Gere, conta a historia de
lealdade e amor e comprova que, de fato o cão é o melhor amigo homem.
A trama é baseada em fatos reais, aconteceu na Japão, na década de 20.
Um professor universitário (Cary-Hiroyuki Tagawa) adota um cachorrinho
(Hachi) que encontrou perdido na estação de trem e desde então cria-se
um laço de amizade emocionante. Durante dois anos de uma convivencia
regada de dedicação e lealdade, o cachorro espera todos os dias seu
dono voltar do trabalho na estação de trem, sempre no mesmo horario. A
historia atinge o alge da emoção quando o dono morre de ataque
cardiaco durante o expediente – e não volta mais.
Hachi continua ir ao encontro do dono que nunca chega. Todos os dias
está ali, sentado em frente a estação esperando pelo o dono que não
vai mais voltar.  A espera dura nove anos após a morte do dono e
duraria muito mais, não fosse a morte do cão.
Uma história emocionante e envolvente que nos mostra a dedicação que
esses bichinhos tem por nós. Após o filme, podemos dizer que não são
apenas as pessoas que se apegam aos animais, o contrario também
acontece. O amor é de fato, recíproco.

– Após a morte do cão de raça akita, o mesmo virou estatua em frente a
estação de trem que esperava o dono. O lugar é frequentado até hoje
por turistas de todo o mundo;

– O filme é estrelado por Richard Gere e já saiu de cartaz no Brasil;
Está disponivel em locadoras de todo o país.

Confira Os Benefícios Da Amizade Entre Crianças e Animais

                                                                                     Por Dayane Barreto

Se o seu filho sempre lhe pede um animalzinho de estimação e você fica na dúvida se atende seu pedido ou não. Confira agora alguns motivos para atender a esse pedido.

Os animais de estimação ajudam no desenvolvimento emocional e social das crianças.

Um animal necessita de cuidados, isso faz com que a criança aprenda a ter responsabilidades. Mas isso depende da idade do menino ou menina que sempre deverão ser orientados por uma pessoa adulta. A criança fica encarregada de limpar o ambiente, dar comida e muito carinho a seu animal, mas tudo com a ajuda de um adulto.

Crianças pequenas ainda não sabem distinguir o seu bichinho de pelúcia do animalzinho de estimação, podendo machucá-lo ao apertar demais, ao brincar ou mesmo bater. Essas brincadeiras podem causar danos físicos aos animais e para a criança. No caso de cachorro ele pode morder e no caso dos gatos arranhar. Em uma situação dessas, o adulto deve estar sempre atento, procurando conversar com as crianças sobre como lidar com o animalzinho, do que ele gosta e o que pode machucá-lo.

Com crianças acima de cinco anos, os cuidados com seus animaizinhos podem aumentar, pois ele já pode levar o animal para passear, dar banhos, tudo que uma criança menor ainda não consegue. Toda essa responsabilidade desenvolve afetividade, alegria e respeito pelo seu bichinho.

A criança que convive com animais de estimação é mais afetuosa, sociável, justa e não é individualista.

É natural as mães ficarem preocupadas quanto ao risco de alergias. Estudos mostram que crianças que convivem nos primeiros anos de vida com animais de estimação estão menos propensas a desenvolver alergia, pois o seu sistema imunológico já está “acostumado” com os agentes alergênicos encontrados nos animais. O sistema imunológico de crianças que crescem sem contato com animais, não reconhece os agentes alergênicos provocando reações.

Não esqueça de levar o animal ao veterinário sempre para que receba os cuidados necessários e evitar doenças, sempre acompanhado de seu filho para que também escute as orientações do veterinário.

Antes de escolher um bichinho, consulte um veterinário para que este auxilie na escolha de acordo com suas possibilidades, como ambiente onde o animal irá morar, espaço, necessidade de passeios, etc. Ele lhe orientará quanto às questões de saúde e prevenção de doenças do seu animal.  Os cachorros de porte pequeno, dóceis e os peixes são animais adequados para crianças.

É importante que se escolha o animal adequado para sua família, sua casa e estilo de vida, e um que a criança possa ajudar a cuidar.  Os pais devem ter cuidado e não escolher animais agressivos.

Fonte e fotos:  Google

Copa do Mundo nem os animais ficam de fora

                                                 

 

 

          Por Erika Gracy

Faltam poucos dias para Copa do Mundo pensando nisso o “Entra que e o bicho”, foi atrás de informações que podem ajudar você e o seu animalzinho a assistirem os jogos sem preocupação.  

Como os cães possuem uma capacidade auditiva quatro vezes maior que a nossa, é comum que eles fiquem angustiados e incomodadas com barulhos e explosões.

O medo causado pelos fogos pode acarretar alguns tipos de transtornos à saúde do bicho, desde traumatismos físicos até convulsões e complicações cárdio-respiratórias.

Tem cachorros que ficam escondidos em um canto e não se alimentam, outros que latem sem parar na direção de onde vem o barulho e há ainda aqueles que ficam agitados e tentam sair do local desesperadamente.

Durante os jogos a melhor solução é fazer o animal participar da festa dentro de casa e tomar todos os cuidados possíveis para que o pet não sofra nenhuma queda e não fique muito agitado. O ideal é deixar o bichinho em um local com várias pessoas e que não seja muito silencioso, para que o contraste com os sons externos seja minimizado.

Como a intenção é incorporar o animal à festa, nada melhor do que ter os devidos cuidados com seu melhor amigo.

Animais de estimação também precisam de cuidados especiais com a chegada do inverno

Por Erika Gracy

                       Os animais, assim como nós precisam de cuidados especiais nas  épocas frias, como o outono e o inverno.

São cuidados com o ambiente, o banho e a pele do animal, que em períodos de temperaturas mais baixas devem estar bem agasalhados, para evitar gripes ou alergias.

Cobertores, caminhas, almofadas, cortinas para as casinhas que ficam em local aberto, vale tudo para manter seu bichinho aquecido nesse inverno.

Então não se esqueça, antes de sair de casa verifique se seu animalzinho está protegido do frio.

Mais que companheiro, essencial

Amigo, divertido e grande companheiro, o cachorro também, tem outras funções

 

Por Erika Gracy

Mais do que a popularidade ou beleza existem características principais que possivelmente destacam a personalidade do animalzinho.
Uns são mais dóceis e carinhosos , outros ágeis e grandes caçadores e até mesmo cães de guarda que impedem a presença de intrusos.

Conhecer a função original do bichinho é fundamental para satisfação de um bom relacionamento que pode durar por muitos anos.

Para evitar que possíveis problemas de comportamento surjam e aproveitar tudo de melhor que o animalzinho pode oferecer, independente de qual for a raça, o importante é que o bichinho sempre seja amado, saudável e confiante em seu dono.

O BICHO da mãe!

Descubra porque sua mãe vai adorar ganhar um animal de estimação nesse domingo!

Domingo é Dia Das Mães! Não temos bola de cristal, mas sabemos que, como todo brasileiro, você é um daqueles que ainda não comprou o presente da sua amada mamãe. Sabemos que a semana foi corrida, e por mais um ano você deixou tudo para última hora. Mas não se desespere! Nós, da equipe Entra que é o BICHO temos a solução para esse problema.

Se você está pensando em enviar flores, comprar utensílios domésticos ou roupas, pode esquecer essa idéia! Convenhamos, nossas guerreiras do lar já têm coleção desses presentes típicos de Dia Das Mães, eles já são tão comuns quanto os colares de “pérolas” que um dia todo mundo já fez no jardim de infância para presenteá-la.

Você precisa INOVAR! Descubra agora, porque sua mãe vai adorar ganhar um bichinho de estimação:

1-     O trabalho te consome ou você já é casado (a) e a relação com a mamãe já não é diária. Isso faz com que você se sinta, muitas vezes “ausente” do seu papel de bom filho (a). A Cia de um companheiro do reino animal vai estreitar a relação de vocês novamente! Você será lembrado sempre que ela olhar para o bichinho.

2-     Sua mãe é do tipo caseira, gosta da típica novelinha das seis e não perde um programa de culinária? Com certeza os dias dela serão recheados de emoção ao cuidar de um animalzinho.

3-     Se você é aqueles que possuem uma mãe super-protetora, que te liga a cada cinco minutos e é capaz de fazer tudo para te livrar de qualquer incidente. Experimente presenteá-la, com um cachorrinho, por exemplo, ela provavelmente vai transferir parte da super-proteção que emprega em você, novo amiguinho que ganhou.

Gatos, cachorros, ou até um bichinho mais inusitado vão marcar esse Dia Das Mães! Não perca mais tempo. Vá agora mesmo e escolha o animal que mais agradará sua mãe! Afinal, nossas guerreiras merecem desfrutar desses bichinhos que nos impressionam cada vez mais!

Por Jaqueline Santos

Leopardo e cão: Amizade que vai além de suas diferenças

Por Dayane Barreto

São raros os casos de animais de espécies diferentes que se adaptam no mesmo ambiente.

O leopardo chamado Salati e o cachorro da raça golden retriever Tommy mantêm uma amizade inusitada em uma propriedade em Pretória, na África do Sul, os dois estão sempre juntos.

Diferenças entre esses animais:

  • Golden Retriever

Essa raça de cachorros possui uma beleza cativante e uma doçura que encanta logo no primeiro instante. São brincalhões e obedientes, demonstram total apego aos donos, são animais tranqüilos, podendo ser criados também em apartamentos. Ele necessita de exercícios diários, para isso basta passear sempre com ele pelo bairro. Nos seus banhos, devem ser bem enxaguados, para que não fiquem resíduos, que podem prejudicar sua pele. O Golden Retriever está entre as dez raças mais inteligentes do mundo. Por esse motivo, é muito usado como cão-guia para cegos.

Devido à sua inteligência, destaca-se em provas de agility e de obediência, é um animal muito dócil, o que explica nunca ter sido registrado nenhum ataque dessa raça. Com tantas qualidades assim fica difícil não querer um desses em sua casa.

Leopardo

O leopardo entre todos os grandes felinos, é o que mais se parece com o gato doméstico, por ser um animal ágil, dorminhoco, brincalhão e cuidadoso com seu pelo.

Um leopardo pode medir cerca de 1,50 m, ter 80 cm de altura e pesar até 90 kg. A sua esperança de vida é de 30 anos, maior que de outros grandes felinos, em geral.

Fonte e fotos: Anda( Agência de notícias de direitos animais)

Fonte diferenças entre esses animais: Google

Balada boa para cachorro

 

Quem disse que vida de cão é ruim?

  

Por incrível que pareça nossos animais sabem quando vamos sair, parece que sentem, basta ver o olhar e carinha de abandonado do animalzinho, principalmente à noite ideal para ir a uma balada, uma festa, sair com os amigos, é o momento em que os bichinhos ficam mais carentes e tentam prender a nossa atenção. Mas isso não será mais problema para alguns.

Nova York vai inaugurar agora no mês de maio a Fetch Club primeira balada para cachorros da cidade, com espaço de três mil metros para a cachorrada dançar e conhecer novos amigos em uma espaçosa pista de dança.

O local contará com um SPA onde os mais animados vão poder se produzir para night, e para os que preferirem curtir o dia poderão aproveitar o clube, que terá esteira para os caninos, butique com roupas para cães e brinquedos.

Os donos que quiserem acompanhar seus pequenos poderão ficar em um bar, onde se pode tomar um café, ou utilizar a internet, enquanto observam seus pets brincarem livremente sem maiores preocupações.

Se essa moda pegar no Brasil os cachorros não serão melhores amigos em casa e sim companheiros de baladas.

Por Erika Gracy

 

Você tem tudo haver com seu animal?



É fato que um criador sempre emprega características próprias no seu bichinho de estimação. Isso começa na escolha de qual animal ter e se estende por todo o relacionamento com o dono. Os costumes da criação do animal, faz com que o dono agregue ao bicho uma espécie de “vida humana”. Quem nunca presenciou ou viveu uma situação em que o dono conversa com seu cachorro ou gatinho, numa espécie de monologo, dando voz ao próprio animal. São costumes desse tipo que faz com que associemos uma “personalidade” ao nosso mascote cada vez mais semelhante à nossa.

A personalidade do dono que é transferida ao animal, mais tarde irá refletir não só em semelhanças psicológicas, como também exteriores. Isso mesmo! O animal adota uma semelhança física, muito próxima do seu dono. Quando percebemos, criamos um bicho que, na verdade, é nossa “versão animal”.

Toda essa similaridade está relacionada a partir do momento que escolhemos o animal. Uma pessoa atleta, por exemplo, provavelmente possui um cão dinâmico e agitado; Pessoas caseiras geralmente optam por um bichinho mais calmo, já que a intenção é lhe fazer companhia. É por isso que determinadas figuras na sociedade, sempre são associadas a um determinado animal; Ou alguém consegue imaginar uma “patricinha” levando seu pit bull pra passear? Ou ainda, um “bad boy” com um poodle nos braços?

Obviamente, cada animal já possui traços psicológicos e físicos de acordo com sua raça. Os animais, nem sempre vão acompanhar a tendência de seus donos. Isso significa que a semelhança com nossos bichinhos é algo que pode ser bastante relativo e superficial.

Por Jaqueline Santos

Castração ajuda a prevenir doenças em animais

                                                                                   Por Dayane Barreto

A castração dos animais é recomendada tanto para machos e fêmeas, a castração precoce praticamente elimina as chances de desenvolvimento de tumores de testículo, cânceres de mama e outras doenças do aparelho reprodutor em seus animais.

As pessoas pensam que ela é ruim para seus animais, pelo contrário do que muita gente pensa, a castração pode trazer inúmeros benefícios aos animais, e deve ser considerada como um ato de proteção e amor a saúde de seu animal.

A especialista Carla Oliveira, explica que nas cirurgias de castração, são retirados os órgãos reprodutores dos machos e fêmeas. “No cão e no gato macho retiramos os testículos. Nas cadelas e nas gatas retira-se o útero e ovário”, diz.

A época ideal para submeter o animal a uma cirurgia de castração é entre o quarto e sexto mês de vida.

A castração consiste em uma cirurgia feita em cães e gatos, para impedir a reprodução desenfreada.

Na cirurgia é retirado o útero, trompas e ovários da fêmea (ajuda a impedir tumores e infecções nos órgãos reprodutores);
Retirada dos testículos do macho.

A cirurgia é feita com anestesia geral, é simples e dura em média uma hora. O animal não precisa ficar internado e leva em torno de uma semana para se recuperar totalmente.

Para saber mais como funciona a castração acesso o site: http://mypet.terra.com.br/

Fonte: http://mypet.terra.com.br/

 

« Older entries